Vendas do varejo crescem 3% em novembro

Segunda-Feira, 04 de Dezembro de 2017

 Vendas do varejo de material de construção crescem 3% em novembro



Desempenho é sobre outubro de 2017. No acumulado do ano, setor tem alta de 5% acima do mesmo período do ano passado.
 
As vendas do varejo de material de construção cresceram 3% em novembro, na comparação com outubro de 2017. Na comparação com novembro do ano passado, o índice ficou 2% acima. Os dados são da Pesquisa Tracking mensal da Anamaco, que entrevistou 530 lojistas entre os dias 24 a 30 de novembro.
 
“Com esses resultados, o volume de vendas no acumulado do ano apresenta alta de 5%, se comparado ao mesmo período do ano passado. O índice é o mesmo apresentado pelo setor nos últimos 12 meses”, explica o presidente da Anamaco, Cláudio Conz.
 
Segundo o estudo, as regiões Sul, Norte e Sudeste apresentaram as maiores variações positivas no mês: 9%, 5% e 4%, respectivamente. No Nordeste o patamar ficou próximo de outubro, e no Centro-Oeste houve retração de 11%. “As lojas com mais de 50 funcionários puxaram a alta do mês, pois apresentaram variação de 10% em relação a outubro. Isso mostra que o consumidor voltou a construir e reformar, pois é
para essas lojas que a maioria dos consumidores se dirigem quando querem comprar em grandes quantidades”, diz Conz, afirmando que as lojas menores são mais procuradas para compras de reposição, quando a obra já está em andamento.
 
O presidente da Anamaco, que participou na quarta-feira de uma reunião com o presidente Michel Temer e outros empresários do setor de comércio e serviços, se mostrou confiante de que o varejo de material de construção fechará o ano com dados positivos. “A nossa expectativa é encerrarmos 2017 com 5% de crescimento sobre 2016. O segundo semestre geralmente corresponde a 65% das vendas do ano, e
tivemos uma melhora nas vendas também por conta da queda da inflação, que influencia positivamente a confiança do consumidor”, completa.
 
Cerca de 29% dos entrevistados afirmaram que contrataram funcionários em novembro e 11% pretendem aumentar seu quadro no mês de dezembro. A pesquisa da Anamaco também indicou que 38% dos lojistas pretendem realizar investimentos nos próximos 12 meses.
 
A Pesquisa Tracking Anamaco tem o apoio da Anfacer, Abrafati e Instituto Crisotila Brasil.
Comentários
Nome
E-mail
Mensagem
Imagem

Comentários



Novos Parceiros

Pesquisas

Prêmio Anamaco

TOP Anamaco

Escola do Varejo Anamaco